Ômega 3 contra o Alzheimer

Veja as vantagens do consumo de ômega 3 contra Alzheimer

A doença de Alzheimer é uma patologia neurodegenerativa que causa demência e perda de memória em longo prazo. Ainda não há consenso sobre as causas do Alzheimer, mas alguns mecanismos envolvidos nesse processo já estão bem esclarecidos. Um deles é a depleção dos estoques de EPA e DHA no cérebro (ácidos graxos ômega-3).

 

Sendo assim, muitos ensaios clínicos foram realizados com suplementação de EPA e DHA objetivando ver o efeito sobre o aparecimento de Alzheimer e o tratamento dos sintomas em quem já portava a doença.

 

Os resultados são bastante promissores: não só o ômega-3 ajuda a prevenir o desenvolvimento da doença de Alzheimer, como também retarda seus sintomas e age como coadjuvante no tratamento clínico.
Importante ressaltar que esses resultados foram obtidos através da suplementação como EPA e DHA pré-formados, ou seja, a partir de óleo de peixe. O ômega-3 derivado de plantas (ácido alfa-linolênico, presente em linhaça, chia e algumas oleaginosas) parece ter um efeito menor, mas também relevante.

 

A suplementação não deve ser feita por conta própria. Faça somente sob supervisão de um nutricionista! Mas uma dica é: inclua peixes fonte de ômega-3 na sua alimentação. Alguns exemplos são sardinha, arenque, atum, cavala, salmão, truta. Inclua também as fontes vegetais já citadas acima

 

Fonte: https://anniebello.com.br/profissional-de-saude/alzheimer-e-suplementacao-o-papel-do-omega-3/